Google+ Pictuelle Photography: 7 dicas para pegar um mentiroso!

15 de junho de 2011

7 dicas para pegar um mentiroso!

mentira
Mentir é uma coisa que, brincando ou não, todos já praticamos. Esse post é dedicado aos mentirosos e aos mentidos.
Aqui, os mentirosos aprenderão a mentir melhor, e os mentidos a notar quando uma pessoa está mentido à ela.

1. Mudança no discurso
Isso é uma coisa muito óbvia, mas que muitos não levam em consideração. Quando uma pessoa está mentindo é comum que mude de planos e queira alterar o roteiro, voltando atrás em suas palavras e distorcendo os fatos.
Isso ocorre, por exemplo, quando a mentira não é bem planejada ou a pessoa é pega de surpresa. Na busca de melhorar sua situação, o mentiroso mente sobre outra mentira. O que ocorre é o inverso, e a pessoa acaba se “revelando”.
2.  Altos e baixos…Altos e Baixos
O tom variável de voz é outro fator que tende a ser uma característica dos mentirosos. Isso mostra a indecisão, arrependimento e (ou) tentativa de um meio termo – quando a pessoa usa palavras alternativas, de modo a não evidenciar a verdade ou a mentira – em alguns casos.
Quando a pessoa parece nervosa, falando muito alto, baixo ou excitada é um mau sinal. Provavelmente ela está desenvolvendo um método mais eficaz de elaborar suas mentiras, todavia torna evidente seus prováveis objetivos.
3. Olhos… Nos olhos??
É muito comum ouvir pessoas falando que na identificação de um mentiroso é essencial observar seu olhar, que deve estar em encontro ao nosso, mas isso nem sempre deve ser julgado!
Muitas vezes a pessoa olha para longe – ou para o nada – para tentar lembrar de algo difícil, complicado, mas se a pessoa olha distantemente para tentar “lembrar” de algo simples, esse não é um bom sinal.
Pessoas tímidas também possuem dificuldade em olhar nos olhos.
Quando a pessoa está falando sobre algum objeto, pessoa ou outro, ela deve expressar aquilo que está sentido, e os olhos não mentem, a isso deve-se o polígrafo, por exemplo. Quando a pessoa está falando de um objeto ou pessoa querida, deve demonstrar afeto, carinho evidente e vívido em seus olhos, caso contrário, há uma possibilidade das informações serem mentirosas. Outro fator a ser julgado é que nossas glândulas lacrimais entram em ação quando demonstramos um verdadeiro sentimento, seja amor ou raiva, e nossos olhos brilham.
Já, se a pessoa tiver um celular em sua frente e falar mentirosamente, por exemplo, “Eu adoro meu celular! Sei que existem celulares melhores, mas o meu é único”, provavelmente ela não ficará observando o objeto por longo período e nem demonstrará tanto afeto à ele, uma vez que sabe-se que a afirmação é falsa. Além destes fatores, nesta ocasião – em que o objeto ou pessoa está diante de alguém que o julgará – devem ser levados em conta todos os ensinamentos do parágrafo anterior.
4. Corpo falante
Barriga falante
A linguagem corporal é um sinal muito importante para descobrir a verdade.
É por meio das expressões e movimentos realizados pelas mãos, pernas, braços, cabeça que conseguimos evidenciar o comportamento das pessoas diante a um fato.
Mãos trêmulas e (ou) inquietas, cabeça em constante movimento, unhas sendo carcomidas, constantes movimentações no cabelo, inquietação geral, revelam agitação nos hormônios provocada, provavelmente, pela “adrenalina” causada pelo ato de mentir.
Tranquilidade, palavras calmas, aquietação, são bons sinais vindos de uma pessoa. Isto revela que há menor probabilidade de mentira no conteúdo apresentado!
5. DECIDIDO: agora eu falo inglês fluente.
É muito comum, em currículos de emprego, haverem informações falsas a respeito do candidato à caga. A mais comum, certamente é, “falo inglês fluente” ou pelo menos “falo inglês”.
Com essas mentiras cada vez mais frequentes fica difícil ao empregador confiar em alguém e dá-lhe um emprego. Estudos realizados sobre o assunto apontam que as pessoas que “fraudam” seu próprio currículo preferem não usar palavras como “eu, mim, fui, meu” entre outros pronomes na primeira pessoa. Geralmente apresentam pequena parte de suas ideias, de modo a deixar um espaço vazio nas explicações.
6. Movimento muscular facial
Sim, o movimento dos músculos da face pode ser significativo na identificação de mentirosos. Este tipo de movimento é difícil de identificar, mas é possível. Pequenas expressões que demonstrem contradição ao que foi falado pode significar mentira! Fica a dica: fique atento a cada músculo, pois todos tem fatal importância! Parece brincadeira, mas é verídico.
7. Vermelho?! Eu??
cara rosto vermelho tomateÉ comum pessoas que mentem ficarem vermelhas ao tentarem explicar algo. Dá-se isso ao fato do “sangue subir pra cabeça”, como diz uma expressão popular. Com os batimentos cardíacos mais acelerados – provocado, também, pelos hormônios à flor da pele – o sangue tende a ser bombeado mais rapidamente. Ao chegar na cabeça ocorre uma grande concentração sanguínea no local que provoca o temido efeito “vermelhão”, outra evidência da mentira.

Você tem alguma dica para identificar um mentiroso? Deixe sua sugestão nos comentários! Obrigado.