Google+ Pictuelle Photography: Tempo

1 de abril de 2012

Tempo

Lembranças
guardadas em pedaços de papel
assim, sofridas com o tempo

Mas mesmo sendo tão assim
não deixam de provocar emoções
que explodem da forma mais doce:
salgando na face, escorrendo na pele.

Nas costas da mão daquele, daquela
diluem-se, transformam-se.
Em mil se formam e espalham.

Num tempo mais recente, desculpas indiretas
por um tempo tão passado,
não passado como aquele.

Agora aqui, estamos nós
iluminados pelo lampião mais alto
lampião que remete aquele tempo,
o tempo que só antes das lágrimas pode vim.