Google+ Pictuelle Photography: É verdade que não existe verdade?

3 de junho de 2012

É verdade que não existe verdade?

Disse Platão antigamente: “a verdade deve ser universal e imutável.” E quem somos nós para discordar? Talvez encontre-se a resposta até o fim do texto.

Para chegarmos a verdade, segundo o filósofo em questão, todos precisam estar cientes dela – todos mesmo, os 7 bilhões afora –. É o que queria dizer com “universal”. E com a palavra “imutável”, o filósofo diz que um conceito verdadeiro precisa ser válido para todo o sempre, nunca se tornando inválido. Levando em consideração a ideia do pensador, a verdade, então, simplesmente não existe. E ao mesmo tempo em que Platão dizia-se com a verdade, ele, segundo ele mesmo, não a tinha,  uma vez que nem todos conheciam ou conhecem seu pensamento. Então a verdade sobre a verdade é mentira. E sobre a mentira, não é verdade!

Mas espera aí! Ele “sabia” que estava certo, pois pensou, matutou e concluiu. Foi uma afirmação que revelava a verdade sobre a verdade segundo ele. Em sua mente, ele estava certo, logo tinha a verdade. E pensa-se que ele realmente pode estar certo, depende de quem pensa. Muitos encaram a verdade como algo individual e não universal. O que você pensa sobre Deus? Muitos criam conceitos individuais a respeito Dele e julgam estarem certos. Logo, têm a suposta verdade, mas esta é completamente variável de mente para mente. Sabendo-se que só pode existir uma verdade e que é impossível ser e não ser a mesma coisa ao mesmo tempo, conclui-se que nem todos os que pensam saberem a verdade, realmente a sabem.

Contrariando ainda mais o filósofo, a verdade pode ser mutável. Sabia-se que a gripe aviária, por exemplo, não podia contagiar seres humanos. Isto era verdade até que fez-se uma mutação da gripe e hoje sabe-se que ela pode ser transmissível aos seres humanos, basta ocorrer uma mutação, o que também é uma verdade. Mudou-se o conceito sobre a gripe. Mas antes, sem que tivesse ocorrido qualquer mutação, era verdade o que se sabia sobre ela.

A opinião de Platão é muito questionável, já que generaliza as ideias. Mas o que se sabe é que é verdade que a verdade é confusa. Logo, temos uma verdade. Todos sabem disto? Não.

A verdade, então, nem sempre é universal e nem mesmo imutável. Os conceitos mudam, o que é verdade hoje, amanhã pode ser mentira e este fato não significa que então tudo o que se sabia sobre determinada coisa sempre foi mentira. Platão discordaria completamente destas palavras, mas, desculpe-nos ele, pensamos com nossos próprios cérebros.

Ficou uma pergunta sem resposta no começo deste texto: quem somos nós para contrariar a opinião do filósofo sobre a verdade? Somos  seres racionais, capazes de tirarmos nossas próprias conclusões e considerados mais evoluídos que ele, já que, segundo a teoria da evolução das espécies, o ser humano evolui com o passar do tempo e que Platão viveu há quatrocentos e tantos anos antes de Cristo.


Humor:
LEGENDA: pê: raivoso; ê!: alegre; aaaa…: triste.

Meu humor vai bem. Às vezes fica “pê”, às vezes fica “ê!!” e tem vezes que tá “aaaa…”. Mas hoje te digo com toda a minha certeza que meu humor está pra “ê!”.

ÊÊÊ!!!!